Pãozinho Marroquino com Especiarias

Esse pãozinho foi eleito, pelos meus queridos colegas lá da “fiRma”, como um dos melhores de toda a sequência até agora. Foi bem difícil encontrar o ras-el-hanout, uma mistura de especiarias marroquina tradicional. Só consegui comprá-la no Mercado Municipal de São Paulo (Cantareira).

 

A base do pão é a mesma: 500 gramas de farinha com mais de 12% de proteína (utilizo da marca Colavita), 350 gramas de água, 10 gramas de fermento e 10 gramas de sal. Trabalhei a massa normalmente, mas antes de terminar de trabalhá-la, adicionei as especiarias e trabalhei um pouco mais para garantir a distribuição uniforme. O perfume da massa ficou incrível!

 

Ela ficou mais amarelinha do que o padrão, porque o ras-el-hanout contém páprika. Deixei a massa crescendo por cerca de uma hora. Depos de crescida, derramei a massa sobre uma bancada levemente enfarinhada e achatei um pouco com a palma da mão.

Cortei a massa ao meio e fiz um rolo comprido com cada pedaço.

 

Cortei cada rolo em dez pedaços iguais – ficam mesmo parecendo com marshmallows grandes. Picelei um dos lados cortados com água e mergulhei essa face do pãozinho em uma tigela com gergelim. Logo em seguida, fui colocando os pãezinhos em uma assadeira.

 

Então, cubri as assadeiras com um pano e deixei os pãezinhos crescerem por 45 minutos, quando dobraram de tamanho.

Borrifei o forno com água e inseri os pãezinhos diretamente sobre a pedra quente. Como resultado, pãezinhos incrivelmente perfumados e deliciosos!

Sem comentários

Desculpe, os comentários estão fechados no momento.